top of page
Jornais

Notícias

Principais sintomas que podem indicar um câncer de boca

O câncer de boca é um dos tipos mais comuns da doença na região de cabeça e pescoço. Chamado também de câncer de cavidade oral, cerca de 15.100 pessoas por ano recebem o diagnóstico desse tumor, segundo o INCA (Instituto Nacional de Câncer).


A cada 12 meses também são contabilizados 6.192 óbitos por causa do câncer de boca no Brasil. Muitas dessas fatalidades ocorrem em pacientes que foram diagnosticados com a doença em estágio avançado. Detectar um câncer precocemente, e já iniciar seu tratamento, pode aumentar as chances de sobrevida. Por isso, é tão importante estar atento aos sinais que o câncer de boca pode manifestar quando não se sabe que há a doença.


No entanto, é preciso destacar que o câncer, na maioria das vezes, pode ser silencioso. Ou seja: pode demorar um tempo até surgir sintomas do tumor. Por isso, a partir dos 40 anos, é fundamental a consulta médica frequente para um check-up. Ir ao dentista periodicamente, além de importante para a higiene bucal, também pode colaborar na busca por algum sinal do câncer de boca.


Ainda assim, prestar atenção aos sintomas do câncer de boca pode ajudar diretamente no diagnóstico precoce da doença. Veja quais são os principais sinais de um tumor que surge na cavidade oral:


Leucoplasia: é o nome dado às manchas ou lesões brancas que aparecem dentro da boca, principalmente na gengiva ou nas bochechas. Elas costumam durar algumas semanas e têm as bordas grossas e elevadas, além de uma superfície dura.

Diferente da afta, a leucoplasia geralmente não causa dores - somente em uma condição mais avançada. Outra diferença é que a afta, geralmente, some depois de alguns dias; já a leucoplasia pode ser notada caso a mancha persista por mais de duas semanas.


O risco de uma leucoplasia ser um câncer na boca pode ser de até 25% dos casos da doença. Uma das causas mais comuns de leucoplasia é o tabagismo. Caso a pessoa pare de fumar, essa mancha esbranquiçada pode sumir da boca futuramente, caso não tenha evoluído para um câncer.


Eritroplasia: uma mancha vermelha encontrada na parte de dentro da boca, que pode sangrar facilmente, principalmente se encostar algum objeto nessa ferida. A eritroplasia é uma condição que tem maior risco de significar um câncer de boca: cerca de 70% dos casos são diagnosticados como um tumor maligno.


A eritroplasia também é bastante associada ao tabagismo e, assim como a leucoplasia, parar de fumar pode ajudar a sumir a doença, caso ela não tenha evoluído para um câncer de boca.



Outros sinais do câncer de boca


- Feridas na boca que não cicatrizam, após 15 dias

- Perda inesperada de dentes ou se amolecerem;

- Nódulo no pescoço;

- Massa ou nódulo na língua, nas gengivas ou no rosto;

- Dificuldade para mexer a língua, mastigar ou engolir alimentos;

- Mau hálito constante;

- Perda de peso inesperada.


Esses sintomas nem sempre indicam que existe um câncer de boca, mas é preciso consultar um dentista (estomatologista) ou médico especialista em cirurgia de cabeça e pescoço para uma avaliação mais precisa.

Commentaires


bottom of page