Jornais

Notícias

Como cuidar da saúde durante o tratamento do câncer

Neste 5 de agosto, em que se comemora o Dia Nacional da Saúde, queremos conversar sobre a saúde do paciente portador de câncer de cabeça e pescoço, pois, com alguns passos, é possível amenizar os efeitos colaterais do tratamento, melhorar a qualidade de vida e apreciar uma vida mais saudável.





Durante o tratamento de um câncer, alguns procedimentos podem ser mais impactantes para a saúde do paciente; muitas vezes, a cirurgia pode ser seguida de sessões de radio e/ou quimioterapia, o que pode debilitar a imunidade. Assim, tratamentos e opções para antes ou depois dos procedimentos cirúrgicos são muito importantes para minimizar as reações adversas.


Primeiramente, citamos aqueles hábitos mais batidos, porém, com muita eficácia: o paciente que trata de um câncer de cabeça e pescoço não deve fumar em nenhuma circunstância, bem como não ingerir bebida alcoólica. Além disso, a adoção de uma alimentação saudável, baixa em alimentos processados, gorduras saturadas e açúcar e rica em frutas, cereais, legumes e verduras, por exemplo, é um instrumento poderoso para manter a imunidade e a saúde.


Para além das práticas mais comuns, contudo, o paciente oncológico deve seguir as orientações de sua equipe multidisciplinar. A fonoaudiologia, por exemplo, é um passo essencial para a manutenção da saúde do paciente de câncer de cabeça e pescoço, já que a maioria dos órgãos que compõe a região, principalmente a laringe, é utilizada para a produção de voz e articulação dos sons, além de deglutição. Com o auxílio de um profissional, o paciente poderá reabilitar essas funções, melhorando a qualidade de vida.


A fisioterapia também é essencial, pois acompanha todo o processo do tratamento. Esta especialidade é utilizada de forma global, ou seja, não necessariamente na região afetada pela doença. Um exemplo é a reabilitação pulmonar/respiratória de pacientes que devem permanecer muito tempo internados – esta técnica auxilia na capacidade pulmonar, permitindo aos operados uma volta mais rápida às atividades cotidianas.


O acompanhamento psicológico é outro passo muito importante na caminhada para a reabilitação, já que uma doença oncológica pode mexer muito com o emocional e o psicológico dos pacientes. Buscar um(a) psicólogo(a) também é uma maneira de manter uma vida saudável.


Independentemente das técnicas utilizadas, o importante é sempre prestar atenção à sua saúde durante todo o tratamento do câncer. Busque alternativas para ter mais qualidade de vida e amenizar as reações adversas do tratamento, além de consultar seu médico sempre que for necessário.

7 visualizações